segunda-feira, fevereiro 25, 2008

ganda espertalhaço...

chegou-me esta anedota por mail...

Um autarca queria construir uma ponte e chamou três engenheiros:

Um alemão, um americano e um português.

- Faço por 3 milhões - disse o alemão :
- Um pela mão-de-obra,
- Um pelo material e
- Um para meu lucro.

- Faço por 6 milhões - propôs o americano :
- Dois pela mão-de-obra,
- Dois pelo material e
- Dois para mim.
- Mas o serviço é de primeira.

- Faço por 9 milhões - disse o português.

- Nove?!? - Espantou-se o presidente:
- É demais!!! Por quê?!?

- Três para mim,
- Três para si,
- E três para o alemão fazer a obra...

- Feito !!!

2 Comments:

Blogger BaBy_BoY_sWiM said...

E como teve o senhor na CMF, explique-me como funciona por lá?!

6:09 da tarde  
Blogger Luís Vilhena said...

"Baby"
Eu não tive nem nunca hei-de ter. Eu estive de facto como Vereador os dois últimos anos na CMF, mas num lugar onde construir pontes e outras coisas do género não dependia de mim. Por isso nunca me apareceu nenhum empreiteiro alemão, americano ou português a propor-me alguma negociata. Ser vereador duma oposição a uma maioria absoluta não tem peso nenhum neste sistema.

Acredito porém que, tendo nas mãos decisões que envolvem milhões, pelo valor das obras e pelo valor que é atribuido ao solo, é preciso ter uma formação ética e moral "à prova de bala".

Se pensar que, num investimento, supondo de 20 milhões de euros, uns 200 mil euros, são feijões; que esses 200 mil euros lhe podem ser oferecidos para facilitar ou aprovar a viabilização dum empreendimento; se não tiver determinação na defesa dos seus valores éticos e morais, pode ceder muito fácilmente à tentação.
Num minuto pode ganhar aquilo que o seu trabalho como técnico, vereador ou presidente, não consegue num mandato de 4 anos. Se pensar que existem inúmeros projectos a passar nas Câmaras, tire as conclusões que quiser.

Quanto à CMF, pois tenho que o informar que nem faço parte do Ministério Público nem tão pouco da Polícia Judiciária.

Provávelmente, se fosse, perante tantas suspeitas já tinha decidido investigar muita coisa. Nem que fosse para provar que afinal não existe nada...

9:05 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

Powered by Blogger